Noticias e Eventos

NVIDIA anuncia entrada no mercado de processadores (CPU)

 
 
A empresa licenciou a arquitetura ARM para criar sua próxima geração de processadores que unirá em uma mesma estrutura a CPU e a GPU.

A NVIDIA acaba de anunciar seus planos de construir processadores de alta performance baseados na arquitetura ARM®, projetados para suportar computadores pessoais, estações de trabalho, servidores e supercomputadores. Conhecido internamente como “Projeto Denver”, o produto consiste em uma CPU NVIDIA® rodando instruções ARM, que será totalmente integrada no mesmo chip a uma GPU NVIDIA.

“ARM é a arquitetura de CPU com a maior taxa de crescimento da história e nosso anúncio marca o começo da era da Internet em todos os lugares, onde cada dispositivo permite acesso imediato à Internet, usando CPU’s avançadas e sistemas operacionais completos”, explica Jen-Hsun Huang, presidente e CEO da NVIDIA. A combinação entre as capacidades computacionais e o modelo de negócio aberto da ARM fazem a arquitetura perfeita para essa nova era. “Com o Projeto Denver estamos concatenando os núcleos ARM de alta performance com a nossa GPU para criar uma nova classe de processadores”, reitera o executivo.

Do lado da ARM, o otimismo não é menor. “A NVIDIA é um parceiro chave para a ARM e este anúncio mostra que parcerias podem atingir resultados extraordinários. A empresa está muito a frente nos dispositivos SoC (“System on a Chip” ou Sistemas em um Chip) de próxima geração”, afirma Warren East, CEO da ARM.

Sobre a NVIDIA A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Desde então, vem desenvolvendo soluções que visam a potencializar a experiência multimídia de usuários de dispositivos móveis, notebooks e PCs. Reconhecida no mercado pelo maciço investimento em inovação, que culminou no lançamento do primeiro kit 3D para PC, a NVIDIA possui soluções voltadas tanto para usuários domésticos, quanto para profissionais. Os processadores GeForce®, por exemplo, são amplamente difundidos no mundo dos games, enquanto os processadores Quadro® são adotados por empresas que demandam extrema precisão gráfica em seus projetos. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a empresa detém mais de 1.600 patentes nos EUA. Com receita de US$ 3,3 bilhões no ano fiscal 2009/10, a NVIDIA conta com 5.700 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br.

Informações para a Imprensa:
Sing Comunicação de Resultados
Fone: (55 11) 5091-7838 Website: www.singcomunica.com.br
Janaína Leme, Marcos Santos e Melissa Sayon
jleme@singcomunica.com.br
msantos@singcomunica.com.br
msayon@singcomunica.com.br


 
 
TwitterFacebookLinkedInGoogle+Reddit