Noticias e Eventos

Principal empresa de supercomputadores do mundo integra processadores NVIDIA à sua nova linha de produtos

 
 
A Cray Inc., empresa que fornece tecnologia ao departamento de defesa dos EUA, lança a linha Cray XE6 com GPUs Tesla que aumentam o desempenho e a expansibilidade dos sistemas.

A Cray Inc., líder global em supercomputadores, está desenvolvendo blades baseados nas GPUs NVIDIA® Tesla™ série 20 para sua linha de produto Cray XE6. A poderosa combinação da nova interconexão de sistema Gemini da Cray, presente no sistema Cray XE6, e GPUs NVIDIA oferecerá aos clientes, em um único sistema e com qualidade de produção, expansibilidade e computação de alto desempenho (HPC) baseada em GPU.

“Passamos um tempo considerável nos reunindo com nossos clientes e discutindo maneiras de construir os mais expansíveis sistemas de HPC, que reúnam tecnologias líderes da indústria projetadas para atender suas necessidades de supercomputação”, afirmou Barry Bolding, vice-presidente da divisão de produtos da Cray. “Nossos clientes demonstraram um crescente interesse em ter tecnologia de acelerador nos sistemas Cray, e acreditamos que um blade Cray XE6 com GPUs NVIDIA oferecerá o desempenho, a expansibilidade e a confiabilidade que estão sendo buscados por um segmento cada vez maior de clientes de nossa base. O uso de GPUs como aceleradores no mercado de HPC está amadurecendo e estamos animados por estarmos trabalhando com a NVIDIA para oferecer essa funcionalidade a nossos clientes”.

Com essa adição futura, a Cray será capaz de oferecer a seus clientes uma ampla gama de soluções de acelerador para HPC – desde o deskside, até o supercomputador. A linha Cray CX de sistemas deskside e de médio porte, incluindo o Cray CX1 e Cray CX1000, está atualmente disponível com GPUs NVIDIA Tesla.

A Cray e a NVIDIA continuam a trabalhar juntas no desenvolvimento de tecnologias futuras de acelerador de GPU para HPC, como um potencial caminho rumo à computação exascale. A Cray está em parceria com a NVIDIA numa equipe que recebeu recentemente fundos para pesquisas no valor de US$ 25 milhões da Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) dos EUA, como parte de seu programa Ubiquitous High Performance Computing (UHPC).

“O Cray XE6 foi projetado para resolver os desafios de sistema da computação petascale, da mesma forma que as GPUs Tesla estão oferecendo a eficiência energética computacional para trazer esse nível de computação a um segmento mais amplo da comunidade HPC”, afirmou Andy Keane, gerente geral de Tesla na NVIDIA. “O sistema baseado em GPU Tesla planejado pela Cray será uma poderosa combinação de tecnologias que oferecerá o mais alto nível de desempenho e expansibilidade para supercomputação com eficiência energética”.

Sobre a NVIDIA
A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Desde então, vem desenvolvendo soluções que visam a potencializar a experiência multimídia de usuários de dispositivos móveis, notebooks e PCs. Reconhecida no mercado pelo maciço investimento em inovação, que culminou no lançamento do primeiro kit 3D para PC, a NVIDIA possui soluções voltadas tanto para usuários domésticos, quanto para profissionais. Os processadores GeForce®, por exemplo, são amplamente difundidos no mundo dos games, enquanto os aplicativos Quadro® são adotados por empresas que demandam extrema precisão gráfica em seus projetos. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a empresa detém mais de 1.100 patentes nos EUA. Com receita de US$ 3,3 bilhões no ano fiscal 2009/10, a NVIDIA conta com 5.700 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br.

Informações para a Imprensa:
Sing Comunicação de Resultados
Fone: (55 11) 5091-7838 Website: www.singcomunica.com.br
Ana Cristina Pacheco, Marcos Santos e Melissa Sayon
acpacheco@singcomunica.com.br.
msantos@singcomunica.com.br.
msayon@singcomunica.com.br.



 
 
TwitterFacebookLinkedInGoogle+Reddit